» » Dor de Cabeça Forte – Quando se Preocupar?

Dor de Cabeça Forte – Quando se Preocupar?

As causas mais comuns para a dor de cabeça forte são a enxaqueca e a cefaleia em salvas. A dor de cabeça muito forte que surge subitamente é a mais perigosa e merece atenção, já que pode ser sinal da ruptura de um aneurisma cerebral ou mesmo de trombose venosa, quando um coágulo de sangue obstrui a circulação sanguínea no cérebro.

A dor de cabeça forte que costuma ser benigna é aquela que começa mais leve ou até com intensidade média e só depois de alguns minutos ou horas fica pior.

Sintomas Agravantes de Dores Fortes na Cabeça

Você deve se atentar a alguns sinais que acompanham as fortes dores de cabeça, pois eles podem indicar que algo mais grave está acontecendo, como:

  • Início súbito da dor

Nesse caso a dor de cabeça é explosiva e atinge o seu ápice em poucos segundos. Pode indicar ruptura de aneurismas ou trombose venosa em uma veia cerebral (presença de um coágulo de sangue que bloqueia parte da circulação sanguínea local).

  • Pior dor de cabeça já sentida na vida

Quando a dor de cabeça muito forte é classificada como a pior dor de cabeça da vida do paciente e, particularmente, diferente das quais ele costumava sentir, pode ser causada por ruptura de aneurisma, derrame ou infecções graves.

  • Infecções em curso

Se a dor de cabeça surge quando o paciente está com alguma infecção (até as que parecem inofensivas), pode indicar a formação de abscesso cerebral ou meningite.

  • Febre e rigidez na nuca

Podem indicar meningite.

  • Durante o uso de anticoagulantes

Se a pessoa está em tratamento com remédios anticoagulantes a dor de cabeça forte pode ser sinal de hemorragia cerebral.

  • Após traumatismos

Dores fortes de cabeça após traumatismos podem indicar hemorragia cerebral.

  • Histórico familiar de ruptura de aneurismas, AVC ou tumores cerebrais

Nesse caso, há mais chances da pessoa com dor de cabeça forte sofrer com algumas dessas complicações.

  • Alterações na consciência e no sistema neurológico

Sintomas como alterações na consciência, déficits na visão ou nos movimentos podem indicar AVC (derrame), AIT (ataque isquêmico transitório, com os mesmos sintomas do AVC, mas sem sequelas), ruptura de aneurisma cerebral ou crescimento de tumor cerebral.

  • Dor que piora durante o esforço físico

Pode ser sintoma de aneurisma cerebral, já que o esforço físico pode aumentar a pressão dos vasos sanguíneos, o que causa a dor e facilita a ruptura do aneurisma. No entanto, a enxaqueca também pode ter essa característica.

Quando a dor de cabeça surge após os 50 anos ou quando vem acompanhada de sintomas de glaucoma, como visão distorcida e vermelhidão ao redor dos olhos, também merece maior preocupação.

Dor de Cabeça Forte – O que Pode Ser?

As dores fortes na cabeça quase sempre são sinal de enxaqueca ou cefaleia em salvas. Raramente suas causas incluem doenças graves, como um tumor cerebral ou ruptura de aneurisma cerebral.

  • Enxaqueca

A enxaqueca pode causar dor de cabeça muito forte, mas ela geralmente começa com baixa a média intensidade e só depois fica pior. Esse tipo de dor costuma piorar quando a pessoa movimenta a cabeça e também durante o esforço físico.

Ela se manifesta como uma dor de cabeça pulsátil e que costuma atingir apenas um dos lados da cabeça na grande maioria das vezes. Pode vir acompanhada de outros sintomas, como enjoo, vômito, tontura e sensibilidade à luz e ao barulho.

No caso da enxaqueca com aura, sintomas neurológicos surgem alguns minutos antes da dor, como pontos de luz na visão, visão escurecida, perda da visão periférica e dormência em uma parte do corpo.

As crises de enxaqueca podem durar de 4 horas até 3 dias. No entanto, ela também pode ser crônica e permanecer por meses com o paciente, porém com menor intensidade.

O que fazer?

A dor de cabeça forte provocada pela enxaqueca pode ser aliviada com analgésicos, como Advil (Ibuprofeno), Cefalium e Doril Enxaqueca.

  • Cefaleia em Salvas

A cefaleia em salvas causa crises de dor de cabeça forte e grave com sensação de queimação ou perfuração no local, que podem surgir até 3 vezes ao dia, sempre no mesmo horário, durando de 30 minutos a 3 horas.

Essas crises podem persistir por 7 dias a 1 ano e depois desaparecer por 14 dias ou mais. Pessoas que sofrem com cefaleia em salvas crônica ficam menos de 14 dias por ano sem a dor de cabeça.

A dor possui as seguintes características:

  • Surge sempre no mesmo lado da cabeça;
  • Fica localizada em volta de um dos olhos, onde também surgem lacrimejamento, vermelhidão e pálpebra caída;
  • Se inicia de repente e atinge sua intensidade máxima em poucos minutos, chegando a ser “insuportável”;
  • Pode acordar a pessoa durante a madrugada devido à intensidade da dor;
  • As crises noturnas costumam ser piores do que as diurnas;
  • Também pode haver nariz entupido e coriza associados.

A cefaleia em salvas é uma dor de cabeça primária e, apesar de severa, não costuma indicar maiores problemas. Costuma afetar mais homens do que mulheres.

O que fazer?

A cefaleia em salvas não tem cura e seu tratamento visa apenas aliviar a dor durante as crises com:

  • Remédios injetáveis ou aplicados por via nasal, como o Sumatriptano;
  • Analgésicos comuns, como Advil e Neosaldina;
  • A inalação de oxigênio através de uma máscara, o que também alivia as dores.

Outras causas para dor de cabeça forte:

As demais causas para dor de cabeça forte são mais raras e incomuns, como:


O que pode ser dor de cabeça forte e enjoo?

Dor forte de cabeça forte e enjoos são sintomas comuns provocados pela enxaqueca. Também podem surgir devido ao uso de pílulas anticoncepcionais, remédios para vermes ou mesmo serem causados por intoxicação alimentar.

O que causa dor de cabeça forte na testa?

A dor de cabeça forte na testa é comum em casos de sinusite, neuralgia do trigêmeo e arterite temporal (inflamação da artéria que fica acima do olho).

O que pode ser dor de cabeça forte na gravidez?

A dor de cabeça forte na gravidez, principalmente no terceiro trimestre de gestação, pode ser sinal de pré-eclâmpsia, condição grave que merece ser avaliada pelo médico imediatamente.


Veja Também:

Dor de Cabeça na Gravidez

Dor de Cabeça – O que Pode Ser?

Dor na Nuca

Sinusite

Atualizado em: 23/05/2018 na categoria: Doenças na Cabeça