Home » Doenças Mais Comuns » Dor de Garganta – Como Aliviar

Dor de Garganta – Como Aliviar

Para aliviar a dor de garganta você pode tomar um anti-inflamatório, como Cetoprofeno, Flanax ou Ibuprofeno. A dor de garganta pode vir com dor no ouvido, pescoço, com ou sem febre. Se for causada por infecção bacteriana o tratamento da dor de garganta deve ser feito com antibióticos, como a Amoxicilina e Cefalexina.

Os sintomas da dor de garganta incluem:

  • Dificuldade para engolir e falar;
  • Dor e aperto no local;
  • Sensação de garganta arranhando;
  • Pigarro, tosse;
  • Perda de apetite.

As causas mais comuns para a dor de garganta são a amigdalite, faringite e laringite, infecções que podem ser virais ou bacterianas e causar inflamações.

Dor de Garganta Persistente

A dor de garganta persistente que dura mais de 4 dias pode ser causada por:

  • Resfriados ou Gripe

Quando a dor de garganta frequente é causada por gripes ou resfriados ela pode ser tratada com anti-inflamatórios simples, como Nimesulidaem conjunto com remédios antigripais, como Benegrip e Coristina D.

  • Fumo e Uso Excessivo da Voz

Pessoas fumantes e que usam a voz excessivamente, como professores e palestrantes, estão mais propensos a desenvolver dor de garganta constante.

  • Amigdalite, Faringite ou Laringite

Essas infecções na garganta podem ser causadas por vírus ou bactérias e causar dor de garganta persistente. No caso da febre por infecção bacteriana, ela tende a ser mais alta do que a viral, porém não é uma regra. O médico deverá ser consultado para diagnosticar a infecção e prescrever o tratamento com antibióticos.

Amigdalite

A amigdalite é a inflamação das amígdalas, gânglios localizados atrás da boca, no início da garganta. É causada, geralmente, por vírus, mas também pode ser bacteriana, gerando sintomas mais intensos, que incluem:

  • Amígdalas vermelhas e inchadas, com manchas brancas ou amareladas;
  • Nódulos e rigidez no pescoço;
  • Dor de garganta constante, mau hálito e rouquidão;
  • Febre;
  • Dificuldade para falar e engolir;
  • Pontos de pus encontrados nas amígdalas e crescimento dos linfonodos (gânglios) no pescoço (em amigdalites causadas por bactérias).

O tratamento da amigdalite pode ser feito com analgésicos, como Dipirona, anti-inflamatórios, como Ibuprofeno (500 ou 600 mg) e antibióticos, como Cefalexina e Amoxicilina (nas infecções bacterianas).

Faringite

As faringites virais são comuns e associadas aos resfriados, com sintomas menos intensos do que os da amigdalite e não costumam causar febre. Trata-se da inflamação da faringe e causa coceira, dor constante e irritação na parte superior da garganta. A faringite bacteriana pode causar edema na úvula com pontos hemorrágicos no palato (céu da boca).

O tratamento da faringite varia de acordo com o seu tipo: se for viral, seus sintomas podem ser tratados com analgésicos e antitérmicos. Caso seja bacteriana, antibióticos são utilizados. A infecção geralmente desaparece dentro de 5 a 7 dias após o início do tratamento.

Laringite

Laringite é a inflamação da laringe, local onde ficam as cordas vocais, causada geralmente pelo fumo, pelo uso excessivo da voz, por alergiasrefluxo e infecções. A laringite pode ser aguda ou crônica.

A laringite aguda pode durar até 2 semanas e é causada geralmente por vírus ou uso prolongado da voz. A infecção bacteriana é mais rara de acontecer nesse caso.

  • Cânceres de Cabeça e do Pescoço

Podem causar o surgimento de nódulos na região, feridas que não cicatrizam, dor de garganta que não passa, alterações na voz e rouquidão, dor de garganta frequente e persistente, dificuldades para falar e engolir.




Dor de Garganta e Febre

Dor de garganta e febre é sinal de infecção viral ou bacteriana, como uma gripeamigdalite, faringite ou laringite.

Os quadros infecciosos causados por bactérias costumam vir acompanhados de febre alta e persistente que tende a piorar e tosse com secreção amarelada e em grande volume.

As infecções causadas por vírus também podem causar febre alta, mas que costuma cessar em 2-3 dias com o uso de antitérmicos. A tosse, nesse caso, vem com menor quantidade de secreção, que pode ser transparente ou mais esbranquiçada.

Dor de Garganta sem Febre

dor de garganta persistente sem febre pode indicar uma inflamação simples que pode ser resolvida se o paciente beber muito líquido e repousar ou mesmo tomar um anti-inflamatório.

faringite viral ou laringite também podem ser a causa. Nesse caso não há necessidade de tratamento com antibióticos, já que a infecção não é causada por bactérias.

Dor de Garganta e Ouvido

Quando a dor de garganta vem acompanhada de dor de ouvido pode ser sinal de uma inflamação do ouvido médio (otite) ou outras inflamações da garganta, como a faringite.

Como há uma conexão entre o ouvido, boca e garganta, é normal haver dores no ouvido quando há uma infecção na garganta ou vice-versa.

Nesse caso é preciso consultar um otorrinolaringologista para uma avaliação e inclusão de remédios anti-inflamatórios (Diclofenaco, por exemplo), ou mesmo antibióticos, se houver infecção bacteriana.

Dor na Garganta com Dor no Pescoço

Se a dor de garganta é sentida na frente do pescoço ela pode indicar não só inflamação, mas também problemas na glândula tireoide que se localiza nessa região, como:

  • Hipertireoidismo;
  • Hipotireoidismo;
  • Bócio (aumento crônico da glândula causado pela falta de absorção de iodo);
  • Câncer de tireoide.

Quando a dor de garganta vem acompanhada de rigidez muscular no pescoço e dificuldade de engolir, por exemplo, esses são sintomas comuns provocados pela infecção e inflamação de garganta: amigdalite, faringite ou laringite.

Dor de Garganta e Dor no Corpo

Dor de garganta e dor no corpo podem ser provocados pela gripe, uma infecção respiratória mais forte que os resfriados, cujos sintomas surgem de repente. Dentre eles estão:

  • Tosse;
  • Mal-estar geral e desconforto ao respirar;
  • Dor de garganta, dor de cabeça e dor no corpo.
  • Febre alta (acima de 38,5º) e calafrios.

O tratamento da gripe é sintomático, já que ela é causada por vírus (Influenza). Pode-se tomar analgésicos e antitérmicos para diminuir a dor e a febre, como Dipirona e Paracetamol, além de remédios antigripais que combatem todos os sintomas de uma só vez, como Benegrip e Apracur.

Garganta Inflamada

A garganta inflamada é causada por amigdalite, faringite ou laringite, condições que podem ser causadas por infecções virais, bacterianas ou alergias (este último em caso de faringite ou laringite).

Se a garganta inflamada é causada por uma infecção viral, seus sintomas costumam desaparecer após 2-3 dias. O paciente deve ingerir muito líquido e repousar e pode tomar anti-inflamatórios e analgésicos, como a Nimesulida, Ibuprofeno e Profenid para combater os sintomas associados, como as dores no corpo, dor de cabeça e febre.

Se os sintomas não desaparecerem e começarem a piorar mesmo com o uso dos medicamentos de venda livre, o caso pode ser considerado uma infecção bacteriana e o médico deverá ser consultado.

Afta na Garganta

O surgimento de uma afta na garganta pode causar:

  • Dor de garganta;
  • Febre, mal-estar e aumento dos gânglios do pescoço que resulta na formação de nódulos;
  • Dificuldade para comer e falar.

As causas prováveis da afta na garganta incluem sistema imune enfraquecido, refluxo gástrico, ingestão de alimentos ácidos e deficiência de vitaminas e nutrientes no organismo, incluindo o ácido fólico.

A afta na garganta pode ser tratada com remédios tópicos, como as pomadas Gingilone, Omcilon A Orobase e Ad-Muc.

Se as aftas surgem frequentemente o médico deverá ser consultado.

O Que Fazer para Aliviar a Dor de Garganta

Para aliviar a dor de garganta você pode tomar remédios anti-inflamatórios e analgésicos, além de pastilhas e remédios em spray que possuem efeito anestésico e diminuem a irritação, como:

  • Cetoprofeno e Diclofenaco: Anti-inflamatórios

Cetoprofeno serve para dor de garganta e o Diclofenaco Sódico também, pois ambos são anti-inflamatórios com efeito analgésico.

Como tomar cada um:

  1. Cetoprofeno: 1 cápsula de 100 mg duas vezes ao dia ou 1 cápsula de 50 mg 3 vezes ao dia (adultos e adolescentes acima de 15 anos);
  2. Diclofenaco Sódico : 100 a 150 mg 2 a 3 vezes ao dia.

Nimesulida (Cimelide) também serve para garganta. Você também pode tomar os anti-inflamatórios Cataflam D (Diclofenaco Potássico) e Ibuprofeno para aliviar a dor e a inflamação.

  • Cefalexina e Amoxicilina: Antibióticos

Os antibióticos só devem ser utilizados para curar a infecção bacteriana diagnosticada pelo médico. Esse tipo de remédio não pode ser comprado sem receita médica e não deve ser tomado por conta própria.

Como tomar cada um:

  1. Cefalexina: 2 a 8 cápsulas (1 a 4 g), divididas em 3 administrações por dia;
  2. Amoxicilina: 1 comprimido de 500 mg de 8 em 8 horas.
  • Flogoral e Ciflogex: Pastilhas e Spray

Flogoral e Ciflogex possuem como substância ativa o cloridrato de benzidamina, que age sobre inflamações e dores na garganta e também tratam as aftas.

  1. Flogoral está disponível em diferentes versões: colutório (para fazer bochechos), em spray, pastilhas ou creme dental. Seus preços variam de R$ 5 a R$ 36;
  2. Ciflogex está disponível em pastilhas e spray e custa de R$ 4 a R$ 16.

Ambos podem ser comprados sem receita médica.


Veja também:

Tosse – O que pode ser?

Falta de Ar: O que Fazer? O que Pode Causar?

Sintomas de Amigdalite – Inflamação da Garganta

Sintomas de Faringite – Inflamação da Faringe