Home » Distúrbios do Sangue » Sintomas do Excesso de Ácido Úrico – Gota

Sintomas do Excesso de Ácido Úrico – Gota

O excesso de ácido úrico (gota) causa inchaço (turgidez), dor e vermelhidão nas articulações dos pés, joelhos, tornozelos, pulsos e mãos. Outros sintomas também podem aparecer, como:

  • Caroços nos locais das inflamações;
  • Desconforto constante nas articulações;
  • Cansaço;
  • Rigidez nas articulações.

O que é o Ácido Úrico no Sangue?

O ácido úrico é uma substância comum do nosso sangue, produzida durante o metabolismo da purina (proteína comum nos alimentos que ingerimos). O ácido úrico é eliminado principalmente na urina, mas também pode ser liberado na bile e nas fezes.
Quando o ácido úrico é produzido em excesso ou não é eliminado devidamente, formam-se cristais que se depositam nas articulações, causando dores e inflamação.



Qual o Exame que Detecta o Excesso de Ácido Úrico?

Um reumatologista ou um clínico geral podem detectar a gota através de um raio-X das articulações, uma análise do líquido sinovial, uma biópsia sinovial ou uma bateria exames de sangue e urina, que medem a quantidade de ácido úrico nesses locais.

Gota tem Cura?

Gota não tem cura, mas pode ser controlada através de medicamentos anti-inflamatórios, analgésicos e corticoides. O médico ainda pode injetar esteroides na articulação para diminuir as dores.

Alguns medicamentos para gota são:

  • Alopurinol;
  • Cataflam;
  • Beserol;
  • Betametasona;
  • Cetoprofeno;
  • Celestone;
  • Flancox;
  • Mioflex;
  • Nimesulida;
  • Profenid.