Home » Dúvidas » Fraqueza e Corpo Mole – O que Pode Ser?

Fraqueza e Corpo Mole – O que Pode Ser?

Sintomas de fraqueza incluem corpo trêmulo, tontura, sonolência, indisposição e sensação de desmaio. A fraqueza pode indicar anemia, depressão, viroses, hipoglicemia e problemas hormonais. Pode ser causada também pelo estresse em excesso, noites mal dormidas, má alimentação e hipotensão (pressão baixa).

A fraqueza pode ser sentida de forma generalizada, em todo o corpo, e também pode ser localizada. Nas viroses, ela costuma vir acompanhada de dor de cabeça, dores musculares, dor de garganta e febre.

Fraqueza e Corpo Trêmulo

Fraqueza e corpo trêmulo podem ser sintomas de estresse, ansiedade, depressão, síndrome do pânico e outros distúrbios psicológicos. Nesses casos, outros sintomas podem surgir como palpitações, suor excessivo, falta de ar, angústia, inquietação e tensão constantes.

Problemas hormonais, como o hipertireoidismo, também podem manifestar esses sintomas, além de outros, como:

  • Boca seca;
  • Sensação de sufocamento e dificuldade para respirar;
  • Taquicardia;
  • Dores abdominais e no peitoral;
  • Tontura;
  • Agitação e sensação de morte iminente;
  • Suor excessivo;
  • Cansaço constante;
  • Tensão muscular.

Além dessas causas, outras condições e fatores podem causar fraqueza e tremores, como a hipertensão, hipotensão, hipoglicemia, anemia e dietas muito restritivas.

Fraqueza e Tontura – O que Pode Ser?





A fraqueza persistente, geralmente acompanhada de palidez, perda de apetite, dificuldade em ganhar peso ou emagrecimento sem explicação, pode ser sinal de anemia ferropriva, causada pela deficiência de ferro ou vitamina B12 no organismo.

Crises de hipoglicemia (queda das taxas de açúcar no sangue) ou hipotensão (pressão baixa) podem causar fraqueza e tontura repentinas juntamente com outros sintomas, como suor frio, visão turva e sensação de desmaio.

A hipoglicemia pode acontecer quando uma pessoa fica muito tempo sem se alimentar, na gravidez ou mesmo após fazer exercícios físicos severos ou sem ter se alimentado bem.

A pressão arterial é considerada baixa quando está abaixo de 90 x 60 (nove por seis). A hipotensão pode ocorrer devido a desidratação e jejum prolongado, uso exagerado de remédios para controlar a pressão, diuréticos e remédios para emagrecer.

Nos dias muito quentes a pressão também pode baixar, já que as artérias ficam mais dilatadas e o sangue não circula com tanta força pelo organismo.

Fraqueza no Corpo e Sonolência

Podem ser causados pela anemia, gravidez e distúrbios do sono como apneia, insônia e síndrome das pernas inquietas enquanto o paciente dorme.

Tudo isso pode atrapalhar o sono e dificultar o descanso que o corpo necessita para recuperar e restabelecer suas forças para estar com energia no dia seguinte.

Caso a sonolência excessiva esteja atrapalhando as atividades diurnas, o ideal é tomar algumas medidas para dormir melhor, como evitar alimentos e bebidas à base de cafeína à noite, dormir com as luzes apagadas e estabelecer uma rotina do sono, indo dormir sempre no mesmo horário.

Fraqueza e Sensação de Desmaio

Quando a fraqueza e a sensação de desmaio estão presentes podem ser sintomas de hipotensão (pressão baixa), hipoglicemia (queda na taxa de açúcar no sangue), gravidez, ansiedade e síndrome do pânico.

Pressão Baixa

A pressão baixa pode surgir quando a pessoa está sentada ou deitada e se levanta rapidamente (hipotensão postural). Ela pode experimentar, nesse caso, visão escurecida, tremores e sensação de desmaio que passa rapidamente, em alguns segundos.

O excesso de estresse, a desidratação, o aumento da temperatura corporal e o calor em excesso também causam pressão baixa.

Outras condições que provocam a hipotensão são a falta de vitaminas, alterações hormonais, problemas cardíacos e, mais raramente, choque anafilático, infecções de caráter grave e hemorragia interna.

Hipoglicemia

A hipoglicemia é caracterizada pela queda de açúcar no sangue que acontece, geralmente, quando uma pessoa fica sem se alimentar por mais de 3 horas. A hipoglicemia também é comum em gestantes.

Distúrbios Emocionais

A ansiedade, síndrome do pânico e outros distúrbios emocionais também costumam causar diversos sintomas físicos e, dentre eles, fraqueza, sensação de desmaio, tontura, enjoo, suor excessivo, tremores, palpitações (quando a pessoa sente as batidas do coração mais nitidamente) e taquicardia (batimentos cardíacos acelerados).

Fraqueza, Corpo Mole e Dor nas Pernas





Fraqueza generalizada associada a dores musculares constantes pode ser sinal de fibromialgia, uma doença crônica que tem como sintoma principal uma sensação de dor no corpo inteiro, onde apenas um simples toque pode incomodar.

Para se obter um diagnóstico de fibromialgia o paciente deve estar sentindo esses sintomas por, pelo menos, seis meses. A dor geralmente é descrita como sendo em forma de pontadas, sensação de peso e rigidez muscular.

A falta de vitamina D também pode afetar o desempenho muscular e acabar causando dores nos músculos. O melhor remédio contra essa deficiência é tomar banhos de sol antes das nove da manhã e depois das quatro da tarde e, se necessário, recorrer a suplementos vitamínicos.

A dor nas pernas associada à fraqueza também pode estar ligada a problemas de varizes. Quando uma pessoa fica muito tempo em pé ou sentada pode acabar sofrendo de dor, sensação de queimação e aperto nas pernas, além de fraqueza e cansaço.

Fraqueza Causada por Problemas Hormonais

Alguns sintomas desagradáveis como fraqueza, apatia, sonolência e ganho de peso podem surgir quando alguns hormônios estão desregulados no organismo.

Baixas concentrações de testosterona nos homens e de estrogênio nas mulheres podem provocar esses sintomas, assim como problemas na tireoide, como o hiperparatireoidismo.

Fraqueza e Enjoo

Pode ser sinal de gravidez, anemia ou mesmo verminoses.

Alguns sintomas são comuns no início da gravidez, como náuseas e enjoos, sonolência e fraqueza repentina.

A anemia costuma provocar também palidez, perda de apetite, emagrecimento sem explicação ou dificuldade em ganhar peso, unhas quebradiças e queda de cabelo.

As verminoses – infecções por parasitas (vermes) – também podem causar fraqueza, enjoos, perda ou aumento do apetite, dificuldade em ganhar peso, cólicas abdominais, indisposição, tonturas, vômitos, diarreia com ou sem sangue.

Fraqueza Pode ser Sintoma de Depressão?

A fraqueza pode, sim, ser um sintoma de depressão.

Quando uma pessoa está com depressão, o nível de serotonina fica com concentrações baixas no organismo. Esse hormônio é responsável por regular o humor e diversas outras funções, como o apetite, ritmo dos batimentos cardíacos, estado de vigília do cérebro e temperatura corporal.

Essa condição pode causar não só fraqueza, mas também desânimo, apatia, tristeza e estresse.

Fraqueza – Quando se Preocupar?

Como a fraqueza é um sintoma generalizado e por si só não representa uma doença específica, é necessário estar atento aos seguintes sinais:

  • Fraqueza constante e prolongada, sem razão aparente;
  • Fraqueza repentina, principalmente se estiver concentrada apenas em uma parte do corpo, sem sintomas adicionais;
  • Fraqueza severa e repentina após uma virose;
  • Fraqueza localizada.

Procure um médico imediatamente caso esteja sentindo qualquer um desses sintomas.


Mais Sobre esse Assunto: