Home » Doenças Auto-imunes » Sintomas de Reumatismo no Sangue e Ossos

Sintomas de Reumatismo no Sangue e Ossos

Os sintomas do reumatismo no sangue, nome popular da febre reumática, incluem:

  • Inflamação nos vasos sanguíneos, no coração e nas articulações.
  • Febre, dor no peito, cansaço e sopro no coração;
  • Palpitações, incapacidade de praticar atividades físicas e dor de garganta;
  • Movimentos involuntários e alterações motoras (caso haja comprometimento cerebral).

Os sintomas do reumatismo nos ossos incluem:

  • Fraqueza muscular;
  • Inflamação, dor, inchaço e vermelhidão nas articulações;
  • Rigidez e dificuldade de movimentar as articulações.

O reumatismo afeta os joelhos, mãos e pés, principalmente, e também pode atingir os nervos. Ainda não há cura garantida para o reumatismo nos ossos, mas o tratamento ajuda o paciente a conviver com a doença sem sofrer com maiores complicações. 



O Que é Reumatismo

O termo reumatismo não se refere a uma doença específica, mas sim a um grupo de doenças que afetam as articulações, músculos, ossos e todo o aparelho motor. São exemplos de doenças reumáticas a osteoartrose e artrite reumatoide.

As doenças reumatológicas – termo usado hoje em dia – são autoimunes, ou seja, são causadas pelas próprias células de defesa do organismo que atacam as articulações e outros tecidos, o que acaba causando a dor crônica e todos os outros sintomas.

Sintomas de Reumatismo

As diversas doenças que estão incluídas no termo reumatismo podem causar os seguintes sintomas:

  • Dor, inchaço e vermelhidão nas articulações;
  • Dificuldade para movimentar as articulações;
  • Dor muscular próxima à articulação.

Tudo isso causa cansaço geral, dificuldade para movimentar as articulações, fazer movimentos simples e levantar os braços na altura dos ombros e acima da cabeça.

Reumatismo no Sangue

O termo reumatismo no sangue é popular e refere-se à febre reumática, uma doença grave que causa inflamação nas articulações, nas válvulas cardíacas e vasos sanguíneos. A febre reumática é rara e surge, geralmente, em crianças com amigdalite bacteriana, faringite estreptocócica e escarlatina mal curadas.

O tratamento para febre reumática é feito com antibióticos e anti-inflamatórios. A depender da gravidade da doença, pode haver necessidade do tratamento ser contínuo e durar a vida inteira.

Reumatismo nos Ossos

O reumatismo nos ossos refere-se às doenças que afetam diretamente essas estruturas, como artrite reumatoide, osteoartrite, osteoporoseartrose, fibromialgia e lúpus.

Os sintomas de reumatismo nos ossos podem ser facilmente sentidos nas articulações, tendões e nos músculos próximos a elas:

  • Dor, vermelhidão e inchaço;
  • Dificuldade para articular um movimento.

A causa principal do reumatismo nos ossos é a idade avançada, mas ele também pode surgir em qualquer idade, devido às infecções bacterianas ou virais, doenças autoimunes, LER e demais doenças que afetam músculos, ossos e tendões e desgastam as articulações.

Há também o fator genético que pode influenciar no surgimento da doença. Pessoas cujos familiares próximos possuem alguma doença reumatológica pode apresentar uma tendência maior para desenvolvê-la.

O ato de fumar e contrair infecção por algumas bactérias específicas no intestino também pode influenciar no surgimento do reumatismo.

O tratamento para o reumatismo nos ossos envolve analgésicos e anti-inflamatórios para conter a dor e a inflamação, além de fisioterapia, elemento indispensável para restabelecer a qualidade de vida do paciente.

Reumatismo tem Cura?

Ainda não há cura garantida para o reumatismo no que se refere às doenças que afetam as articulações, já que o termo pode referir-se a outras doenças, mas com o tratamento adequado o paciente pode conviver normalmente com a doença em questão sem maiores complicações. 

As doenças reumatológicas costumam ser crônicas – duram muito tempo ou a vida inteira – e seus sintomas podem ser recorrentes, ficarem indo e voltando.

Remédio para Reumatismo

O tratamento para reumatismo inclui remédios anti-inflamatórios, corticoides e imunossupressores. Alguns anti-inflamatórios utilizados são:

Predsim é um corticoide com ação anti-inflamatória mais potente que também pode ser prescrito pelo médico no tratamento.

O tratamento do reumatismo nos ossos deve incluir a reeducação alimentar, incluindo alimentos com propriedades anti-inflamatórias (alho, cúrcuma) além de:

  • Suplementação de ômega 3;
  • Compressas quentes e frias nos locais inflamados;
  • Fisioterapia;
  • Descanso adequado.

Veja também:

O que é Febre Reumática e seus Sintomas