Home » Doenças na Garganta » Rouquidão – O Que Pode Ser?

Rouquidão – O Que Pode Ser?

A rouquidão pode vir acompanhada de tosse e dor de gargantaser prolongada, repentina ou emocional. Suas causas incluem estresse, uso excessivo da voz e garganta inflamada. Para curar a rouquidão, remédios caseiros e de farmácia, como inalação do vapor de água quente, chá de cebola e as pastilhas Neopiridin ou Benalet, são muito eficazes, pois ajudam a manter as cordas vocais hidratadas e a aliviar o desconforto na garganta.

A rouquidão ou afonia (perda da voz) é a mudança temporária do timbre de voz para um tom geralmente mais baixo, grave e áspero.

O que causa rouquidão?

A rouquidão pode ser causada por:

  • Cansaço vocal (quando abusamos da voz, principalmente gritando);
  • Doenças que afetam a laringe e as vias respiratórias superiores, como resfriados e gripe, rinite, laringite, faringite ou inflamação na garganta causada por infecção bacteriana. A laringite – inflamação da laringe – é a principal responsável pela rouquidão repentina. Outros tipos de inflamação na garganta também podem ser responsáveis pela condição, além do uso excessivo da voz.
  • Refluxo gastroesofágico, quando o ácido do estômago retorna ao esôfago e pode atingir a laringe, irritando as cordas vocais;
  • Nódulos vocais, que também são responsáveis pela rouquidão e são mais comuns em crianças e em profissionais que usam muito a voz. A terapia de voz (fonoterapia) pode resolver o problema da rouquidão nesse caso. A cirurgia é indicada apenas nos casos em que a fonoterapia não resolve a condição;
  • Papiloma de laringe, causado pela infecção por HPV na região que leva ao surgimento de pequenos tumores benignos. Esses tumores podem causar rouquidão ou mesmo bloquear parcialmente as vias respiratórias. O problema pode ser resolvido com terapia de voz e cirurgias múltiplas já que os tumores costumam ficar reaparecendo;
  • Edema de Reinke que consiste no inchaço das cordas vocais provocado pelo depósito de líquido em sua superfície, condição que pode ser causada pelo fumo, doenças hormonais, como o hipertireoidismo, abuso da voz e refluxo laringofaríngeo;
  • Fatores emocionais: a rouquidão emocional acontece quando a falta de voz é causada pelo estresse e irritabilidade, que causam maior tensão e cansaço nas cordas vocais, assim como a ansiedade exagerada e outros distúrbios emocionais. Isso acontece porque o sistema límbico responsável por controlar as emoções pode causar reações e sintomas físicos e prejudicar as cordas vocais, podendo até levar à afonia (perda de voz).




Os tumores malignos (câncer) na laringe são causas mais raras da rouquidão.

A rouquidão prolongada acontece quando a falta de voz dura mais de 4 semanas e pode ser causada por infecções graves, nódulos na laringe ou lesões na garganta. 

Em bebês, uma das causas mais comuns da rouquidão é o choro prolongado, pois as cordas vocais são muito forçadas nessa situação.

Você deve consultar o médico se a rouquidão aparecer com frequência e for acompanhada de tosse com sangue, dificuldade e dor ao falar e para engolir, surgimento de nódulos no pescoço, falta de ar ou perda total da voz por alguns dias.

Veja também:

Rouquidão e tosse

A rouquidão pode vir acompanhada de tosse seca ou tosse com secreção (catarro).

A rouquidão e a tosse seca são causadas, geralmente, pela laringite e pelos resfriados. O tratamento mais indicado é o repouso da voz e manter as cordas vocais sempre hidratadas com inalações do vapor de água quente ou mesmo inalações com o chá de folhas de eucalipto.

A rouquidão e a tosse com secreção (catarro) podem ser causadas pela gripe e infecções bacterianas na garganta (secreção amarelada ou esverdeada), bronquite (causa também falta de ar), tuberculose ou lesões nas vias respiratórias (provocam sangramento).

O tratamento pode incluir antibióticos nos casos das infecções bacterianas. A gripe pode ser tratada com remédios analgésicos, antigripais e xaropes mucolíticos para expulsar o catarro, farmacêuticos ou naturais.

Em caso de suspeita de bronquite, tuberculose ou lesão nas vias respiratórias o médico deverá ser consultado.

O que é bom para rouquidão? Remédios





Apenas dando o repouso necessário à voz e se hidratando bastante é que a rouquidão pode ser curada totalmente. Remédios caseiros e remédios de farmácia podem ajudar a diminuir o desconforto, deixar as cordas vocais hidratadas, diminuir a inflamação, a sensação de pigarro na garganta e outros sintomas associados, como a tosse. São eles:

  • Inalação com vapor de água quente: durante 15 minutos, 3 vezes ao dia;
  • Gargarejo com água e sal: faça com 1 copo de água morna misturado com 2 colheres de chá de sal;
  • Pastilhas para rouquidão Neopiridin e Benalet (para rouquidão alérgica) são eficazes para aliviar temporariamente a rouquidão, mas é preciso repousar a voz enquanto as consome, pois mesmo que haja uma melhora relativamente rápida da rouquidão, isso não quer dizer que as cordas vocais já se restauraram completamente.

Se a rouquidão é causada por outras condições mais sérias, como refluxo, infecção bacteriana na garganta ou nódulos vocais, o tratamento da doença em questão deve ser feito o quanto antes.

CID Rouquidão: CID 10 – R49.0 – Disfonia.

Atualizado em: 28/05/2018 na categoria: Doenças na Garganta