Home » Dúvidas » Verrugas: Tipos e Tratamentos – Como Tirar?

Verrugas: Tipos e Tratamentos – Como Tirar?

Há vários tipos de verrugas, dentre eles, as filiformes, planas e plantares. As verrugas podem surgir no rosto, pés e mãos, órgãos genitais e outros locais. O sintoma de verruga mais característico é o surgimento de caroços ásperos ou não, com ou sem dor na pele e órgãos genitais.

As verrugas são causadas pelo papiloma vírus humano. Ela surge porque o vírus em questão causa um crescimento desenfreado das células da pele que são lançadas para sua camada mais superficial. Apesar disso, elas são manifestações benignas.

Com exceção das verrugas plantares e das verrugas genitais e labiais, as verrugas não apresentam dor ou qualquer incômodo, a não ser pela questão estética.

Tipos de Verrugas

  • Verrugas filiformes

Apresentam-se em pouco número e são finas e alongadas. Surgem, geralmente, no rosto, pálpebras, pescoço e lábios.

  • Verrugas vulgares

São as mais comuns e podem se manifestar em formatos arredondado ou irregular, ou mesmo com um aspecto semelhante a uma couve-flor e são endurecidas e ásperas.

Encontram-se com frequência nas mãos, dedos, cotovelos, joelhos e ao redor das unhas e são mais comuns na infância e na adolescência.

No início as verrugas vulgares podem ser claras ou da cor natural da pele, mas podem escurecer com o tempo.

  • Verrugas planas



São pequenas e apresentam-se em forma arredondada, com cores castanha ou amarela e são planas, lisas e mais macias.

As verrugas planas aparecem com maior índice no rosto e no dorso das mãos de adolescentes e podem crescer em grande número, até 20 a 100 verrugas ao mesmo tempo.

  • Verrugas plantares

Crescem dentro da sola dos pés devido à pressão exercida no local e possuem um anel irregular em sua volta com pequenos pontos escuros no centro. O principal sintoma é a dor ao andar.

As verrugas plantares também são conhecidas como verrugas “olho de peixe”.

  • Verrugas genitais

As verrugas genitais são conhecidas como condilomas e são causadas pelo HPV, o vírus do herpes que afeta não só a região genital, mas também a boca.

As verrugas genitais são transmitidas sexualmente, seja via oral, vaginal ou anal. Essa contaminação facilita a ocorrência de câncer no pênis, ânus e colo do útero.

Os sintomas mais comuns são:

  • Protuberâncias nas regiões genitais de coloração rosada, que causam incômodo devido a dor e o ardor. Essas protuberâncias podem se agrupar e ficar com aparência de couve-flor;
  • Coceira;
  • Vermelhidão;
  • Sangramento durante o ato sexual.

As lesões podem surgir nas mucosas das regiões genital, dentro da vagina, dentro e ao redor do ânus, na uretra e também na boca. Neste último caso, as lesões são causadas pelo herpes labial.

Os vírus que causam as verrugas genitais raramente causam verrugas nas mãos ou pés, mas podem causar verrugas na boca.

As verrugas genitais não têm cura, mas possuem tratamento e podem ser evitadas. Para isso, é importante usar camisinha em todas as relações sexuais. A vacinação contra o HPV também existe e é gratuita para meninas entre 9 e 14 anos e meninos entre 12 e 13 anos.

Verrugas – Transmissão

Como há vários tipos de verrugas, suas formas de transmissão também variam e vão desde um aperto de mãos até uma relação sexual sem proteção. A transmissão através de objetos também pode acontecer.

A infecção pelo papiloma vírus humano acontece geralmente quando o indivíduo está com a imunidade baixa.

Apesar disso, é mais difícil ocorrer a transmissão de verrugas comuns e plantares de pessoa para pessoa, diferente das verrugas genitais, que são facilmente transmitidas.

Como Tirar Verrugas – Tratamento





As verrugas podem ser tiradas com tratamentos à laser ou mesmo remédios específicos que podem ser aplicados em casa.

Outros tratamentos para tirar verrugas podem sem feitos em consultório, como a eletrocoagulação (a verruga é destruída por um aparelho que emite uma faísca elétrica), cauterização (queima da verruga) ou crioterapia (congelamento e queda posterior da verruga).

As verrugas que surgem nas crianças geralmente desaparecem sozinhas, mas nos adultos isso é mais difícil de acontecer.

Como as verrugas genitais não têm cura, uma vez que a pessoa já foi infectada, elas sempre podem reaparecer quando o organismo fica com imunidade baixa, mas remédios antivirais, como o aciclovir, podem ser tomados para combater as lesões quando elas surgirem.

É importante lembrar que as mulheres que possuem verrugas genitais possuem um risco aumentado de desenvolver câncer de colo do útero e por isso devem sempre realizar, anualmente, o exame ginecológico Papanicolau (preventivo), que detecta o câncer.

Confira também:

Como Tirar Verrugas com 7 Tratamentos Caseiros


Mais Sobre esse Assunto: